Há algum tempo, estou escrevendo no Webinsider. Se você não me segue no twitter, não devia saber. Tudo bem, agora sabe.

O Webinsider é um dos mais importantes e respeitados portais especializados em marketing digital do Brasil. Apesar do editor me deixar bastante à vontade, tenho escrito principalmente sobre criação, propaganda e vida digital.

O primeiro artigo que eu escrevi lá foi sobre “Como não tomar um CALA BOCA GALVÃO”. O texto fala sobre a importância de não falar sobre o que não se conhece direito. O vulgo enchimento de linguiça, tão repudiado na civilização pensante.

Depois, fiz uma homenagem póstuma ao José Saramago no artigo “O Que Saramago tem a nos ensinar”. Falei sobre uma afirmação polêmica do autor (“De degrau em degrau, vamos descendo até o grunhido.”), ressaltando a importância do hábito de ler.

Meu terceiro artigo foi sobre a ansiedade que temos em olhar o e-mail a toda hora, como se ele fosse uma espécie de “O oráculo digital”. Eu ia escrever algo muito legal lá sobre a importância de “olhar as flores no campo”, mas não deu. Tinha que conferir minha caixa de entrada.

No meu quarto artigo escrevi “Cinco dicas para escrever melhor”. Disse que, para escrever melhor, você precisa: Ler, Escrever, Conhecer as Regras, Anotar Ideias e Sintetizar. Basicamente isso.

E o último artigo que publiquei no Webinsider foi uma reflexão sobre “Qual história você está contando?”. Afinal, a gente vive tão preocupado em contar as histórias dos clientes que, esquecemos que a história que a gente está contando é a nossa. Da nossa própria vida.

Resumidamente, é isso. Para os próximos artigos que publicar lá, pretendo postar um resuminho aqui. Leia os artigos e comente. Eu espero, de verdade, que você goste.

Leia também: