Mudando um pouco de assunto, o Oscar foi semana passada, e eu não poderia deixar de comentar sobre uma das categorias que mais me chamaram a atenção na festa do cinema: Melhor Animação de Curta-Metragem.

Este ano concorreram cinco excelentes filmes. O meu preferido, Presto, acabou por não ganhar o prêmio, acredito que os cineastas gostam mais de filmes com um “sentido moral”, por isso o vencedor foi La Maison en Petits Cubes que além de ser animal é incrivelmente idealista.

Eu, como bom redator, não sei comentar muito sobre iluminação, traço das ilustras e afins, mas posso afirmar que os roteiros são geniais e as ideias temas também.

Para você que ainda não viu, seguem as cinco animações curtas que concorreram ao Oscar neste ano:


Comecemos com este filme hilário sobre uma história de amor entre Polvos, onde com muita coragem e disposição o casal mostra do que é capaz uma paixão avassaladora:


[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=XyuqtOuljSw]


Ainda não faz uma semana que eu vi Coralline, que nas palavras do senhor Szilag é #fabuloso, e ver This way up foi, para mim, como ter um dejavu do filme. O clima desta animação me lembrou muito a da dirigida pelo estupendo Henry Selick.


[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=FrGvv-5_G1Y]


Quando compro um DVD, normalmente, antes de ver o filme dou uma conferida nos materiais adicionais. Qual não é minha surpresa quando vi este curta no DVD de Wall-E! Como quase tudo que a Pixar faz, genial:


[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=_s8Cfnzpm6U]


Este filme, russo, é lindo. A meu ver, Lavatory Lovestory tem a ideia mais original e o melhor roteiro entre os indicados:


[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=m8eDX408WHE]


Mas o pequeno vencedor da noite foi mesmo La Maison en Petits Cubes, do Japonês Kunio Kato. Tratando sobre o problema do aquecimento global de maneira simples, porém impactante, o filme foi escolhido pela galeria como a Melhor Animação de Curta-Metragem de 2009:

Contudo, infelizmente, parece que o Sr. Kato não gosta que vejam seu filme de graça. Ele mandou que tirassem o vídeo do youtube, sendo assim, se você quiser ver La Maison en Petits Cubes, fica aqui o link de um site onde o vídeo ainda está disponível.


Bom proveito!

Leia também: